Archive for outubro \20\UTC 2014

Covers 3

20/10/2014

Fim da trilogia.

5 motivos por que eu voto Dilma

17/10/2014

1. Primeiro pq não vejo a hora de instalarem de vez uma ditadura comunista, ne. Acho esse resgate do século 20 bem legal, inclusive pra deixarem de falar que o Brasil é “um país sem memória”. “Ah, mas o PT está há 12 anos no poder e não implantou isso ainda”, dirá o leitor incrédulo. Meu kirido, o PT passou esses 12 anos aparelhando o Estado, roubando e corrompendo o Brasil todo, isso dá um puta trampo! Ou rouba ou implanta ditadura comunista; é como assobiar e chupar cana: não dá pra fazer ao mesmo tempo. Mas agora que tá tudo aparelhadinho e com muito dinheiro em caixa, pre-para!

2. Amo Cuba. Nunca fui, mas no novo mandato da Dilma vão ter voos diretos e baratíssimos SP-Havana. E sou a favor de o Brasil, que já é bem rico e desenvolvido, ajudar a melhorar a vida dos cubanos. Um pouco de altruísmo não faz mal a ninguém, ainda mais se tiver aquele mar do Caribe por perto rs.

3. Corrupção. Taí, me acostumei com isso? Acho que foi um governo que democratizou a roubalheira, que levou o assunto a todas as camadas da sociedade, acho saudável essa presença. Imagina se o PT para de roubar pq sai do poder? Dá um vazio só de pensar ne?

4. Pra manter o jornalismo vivo no Brasil. Se não tiver cartazes de pelo menos duas revistas semanais descendo o cacete no governo na banca de jornal, o meu fim de semana não começa. Acho importantíssimo esse posicionamento da mídia e, muito cá entre nós, a imprensa nem vai saber como agir se o candidato dela ganhar ne. Capaz de ter que demitir jornalistas, fechar publicações, um horror mesmo. Então vamos deixá-la fazer o que ela sabe fazer melhor.

5. Lobão e Roger. Gente, põe a mão na consciência: dois dos maiores expoentes do rock nacional estiveram expostos nos anos 80 ao padê mais batizado que já circulou no Brasil, com efeitos hilários a longo prazo, o principal deles conhecido como “delirium reacistus”, que é essa beleza que vcs têm visto nos últimos tempos. Especialistas recomendam não contrariar por até 50 anos aqueles que tiveram contato com essa substância. Se a oposição vencer, esses roqueiros maravilhosos se verão automaticamente como “chapa branca”, e as consequências desse choque são imprevisíveis. E todo mundo quer que eles e os amigos deles continuem na luta ne.

PS: Tô doido de curiosidade pra saber qual vai ser o tratamento magnânimo com que a futura ditadora Dilma vai exigir ser chamada. Eu tô torcendo por Grande Mãezona kkkk.

Covers 2

15/10/2014

Atendendo a pedidos, eis a segunda playlist de covers, mais legal ainda do que a primeira, com as boas-vindas das mulheres-maravilha Patti Smith, Grace Jones, Tina Turner, Debbie Harry e Nancy Sinatra, na sequência.

Covers

10/10/2014

Só.

Margem de erro

10/10/2014

Para ouvir até o segundo turno chegar.

Eleições 2014

06/10/2014

Os Estados com maior porcentagem de votos brancos e nulos para senador foram:

– São Paulo: 26,22%

– Minas Gerais: 26,19%

– Sergipe: 26,11%

– Paraíba: 25,30%

***

63% dos meus vizinhos preferem Aécio. O horror. E o melhor desempenho de Luciana Genro na capital de São Paulo foi em Pinheiros, onde teve quase 5% dos votos.

***

Os candidatos nanicos à presidência ficaram bem mais crescidinhos este ano em relação à eleição passada.

Em 2010, eles eram seis e somaram 1,17 milhão de votos. Agora eles são oito e tiveram 3,68 milhões de votos —só Luciana Genro teve 1,6 milhão, mais do que todos os nanicos somados em 2010.

***

Impressionante a constância do desempenho de Rui Costa Pimenta, candidato a presidente pelo PCO, que em 2010 teve 12.206 votos e ficou em último lugar e agora também “alcançou” a última posição e teve 12.324 votos —118 votos a mais.

E aposto que são os mesmos eleitores.

***

Dilma teve 4,38 milhões de votos a menos do que no primeiro turno de 2010.

Marina teve 2,54 milhões de votos a mais, e o candidato tucano também teve um desempenho um pouco melhor em 2014: 1,76 milhão de votos a mais.

Juntos, Marina e tucano tiveram justamente 4,30 milhões de votos a mais em 2014.

***

Acho que o gigante não só voltou a dormir como tá roncando forte porque:

– Collor, Caiado e Serra foram eleitos senadores
– O filho do Sarney foi eleito deputado federal. E o neto (!!) , deputado estadual no Maranhão
– O filho do Renan Calheiros e Geraldo Alckmin foram eleitos governadores no primeiro turno
– Os maravilhosos Coronel Telhada, Feliciano, Russomano, Tiririca, Bolsonaro, Clarissa Garotinho, entre vários outros, foram eleitos deputados.

***

É melhor acreditar no Curupira do que em pesquisas de intenção de voto no Brasil, especialmente as do Ibope. Pura ficção.

***

E o Rio Grande do Sul elegeu senador um dos primeiros memes da internet no Brasil, o Lasier Martins, aquele que tomou choque na festa da uva (“aqui do lado, Pederneiras“) e venceu dois dos melhores políticos do Estado, Olivio Dutra e Pedro Simon.

A sigla do Estado nunca fez tanto sentido como agora: RS.

On the road

01/10/2014

Mais de 2 horas de música para ouvir entre o embarque e o desembarque.