QUE DROGA

“O Abadía acabou com a minha vida”

Poucas vezes eu vi alguém com a vida acabada posar sentada na mesa do seu escritório, com um quadro do Aldemir Martins na parede. Realmente, o desespero e a agonia estão por toda a parte, não?

“Meu movimento caiu 50%”, disse a cirurgiã plástica de 51 anos e com 8 cirurgias pelo corpo.

Não se preocupe, meu bem, com essas duas páginas na Vejinha, você já pode dizer: “O Abadía acabou com a minha vida. Obrigada, Abadía!”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: