CUMA?

Tal relação [entre o Brasil e o Iraque] foi tão intensa que chegou a ser anunciada uma nova língua, o “mendês”, mistura de idiomas desenvolvida entre funcionários da construtora Mendes Júnior e comerciantes iraquianos, que trocavam expressões como “mako muskila” (sem problema), “mako flus” (dinheiro) e “milico come salame” (vou bem).

Comequié? Milico come salame?

Cara, o mais legal é perceber a liberdade de expressão em pleno vôo. Você escreve qualquer coisa e sai publicado, parece até blog.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: