POVO BOBO

Diz uma lenda que se um dia a Rede Globo ficar fora do ar no horário nobre, dá 15 pontos fácil no Ibope. Não duvido dessa hipótese. O público é amestrado pela Globo há quase 40 anos _parece a Caros Amigos falando, né?. Mesmo depois do controle remoto, mesmo depois das TVs por assinatura (aliás, um fiasco).

Esse controle da audiência (das pessoas, não dos números do Ibope, mané) existe, é forte e posso prová-lo com um exemplo prosaico: Loser Barrichello. Há nove anos (nove anos!), a emissora transmite as corridas dessa coisa emocionante que é a Fórmula 1 com o argumento da torcida para esse motorista. Desde então, o cara ganhou uma vez (ou foram duas?). O sujeito ganhou uma única vez e há nove anos, nove temporadas, a Globo ainda insiste que devemos torcer para o “nosso” Loser.

Eu não entendo muito de televisão, mas o fato de a maior emissora de um país transmitir um evento de competição com exclusividade e apelar para algo que nunca vence como chamariz deve ser caso único no mundo. Isso não faz nenhum sentido! É contraproducente comercialmente e deveria macular a imgem da Globo como uma emissora igualmente perdedora. Um acontecimento cujo objetivo de todos é ganhar, é desproposital insistir em alguém que ganhou uma vez em nove anos para chamar audiência.

Mas, incrível, a audiência vai, se interessa e realmente torce para um cara que só venceu uma vez na vida. É um bom caso de histórias exóticas de países exóticos que passam no People and Arts, né?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: