FLOP

Que você já tenha sido impedido de entrar num show por excesso de público, é algo corriqueiro. Mas, que você seja barrado na porta por FALTA de pessoas no espetáculo, é um pouco estranho. Foi o que aconteceu quando eu e um amigo desabamos até Santo André para ver a apresentação de Akufen, no que deveria ser um showcase do festival canadense Mutek.

O show dele estava marcado para começar às 21h30, e chegamos às 22h. O guarda da portaria, muito gentil, disse que a bilhereria já tinha encerrado suas atividades porque só havia 15 (QUINZE!) pessoas no show. O fato de ter pouca gente num show significa que a bilheteria deveria ficar aberta até mais tarde, justamente para vender ingressos para os retardatários, oras. Ela só deveria fechar cedo se *todos* os ingressos já tivessem sido vendidos. Ou essa lógica é improvável?

Enfim, algo me dizia que era mais fácil ir até o Mutek em Montreal do que ver algum show em Santo André…

Mas.. só 15 pessoas? Tudo bem que era o underground do underground (ainda havia Ricardo Villalobos, Alain Mongeau _o diretor artístico do Mutek_ e Dandy Jack) e era lá em Santo André. Mas um público de 15 pessoas é muito, muito pouco. Parece até show do Carlinhos Brownie no Olympia, haha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: