PAPO PICK-UP

Uma coisa é tocar numa noite com aspecto mais ou menos definido, em que o público sabe mais ou menos o que vai ouvir e sabe mais ou menos que tipo de gente vai encontrar. Oura coisa, bem diferente, é tocar numa festa de aniversário cujo espírito é mais de confraternização e socialização entre os presentes.

No segundo caso, ouve-se pérolas do tipo:

  • Sujeito com estrela do PT e adesivo “Agora É Lula” na camisa pede “numa nice”: “Amigo, estamos vivendo uma época de democracia plena (põe a mão no peito), então gostaria de pedir uma coisa que tenho certeza que você não vai negar. Põe um Hendrix aí!”
  • “Você conhece o cara que tem um blog que se chama eletrozeitgeist?”
  • “Cara, quais foram as últimas músicas que você tocou?”

  • “Você está fazendo esses scratches e mixando ao vivo?”

  • Homem de cerca de 50 anos sem condições de falar palavra, leva o seu próprio estojinho de CDs transparente, com capa de plástico com com líquido vermelho, “folheia” os discos como se mostrasse um catálogo da Avon e faz um thumbs up sugerindo que eu os toque
  • Anúncios

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s


    %d blogueiros gostam disto: