SONYA

A versão que as baianas de Popstars fizeram para Aserejé é um lixo tão grande que depõe contra Rick Bonadio, que produziu, e Liminha, o diretor artístico. Pra fazer essa bosta não precisa investir tanta grana, qualquer Reason faz isso.

O disco de Las Ketchup é trash, mas é razoavelmente bem-feito. Infinitamente mais bem produzido do que essa bosta que a Sony brasileira defecou no mercado.

O único mérito da Sony é fazer retardadas comprarem a mercadoria _se isso de fato acontecer, claro. A idéia do programa é genial. Mostra-se como se faz merda (o grupo, o disco), mas incluem-se emoção, “talento”, esperança e outras babaquices e ganha-se assim o aval do público. Mais: ganha-se a simpatia e torcida do mesmo público. É diferente de, por exemplo, lançar uma coisa como Twister, uma merda equivalente, mas que soa como merda de fato, não como um grupo de “vencedoras que chegaram ‘lá’ pelo próprio talento”.

Ô, subraça.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: