NO CAMINHO CERTO

Clebber, o Clubber está eufórico. E exausto. A SP Fashion Week deste ano está diferente das demais. Clebber, o Clubber se profissionalizou e agora seus olhares não são mais de deslumbre, mas para o infinito enquanto escuta ordens transmitidas pelo headset da organização by Paulo Borges.

“É uma correria alucinante. Sempre aparece um parente que quer entrar no Pavilhão, é a modelo que se atrasou e tem que entrar sem parar para flashinho, é uma loucura.” Olha isso! “Mas estou a-mand-do!” Às vezes dá medo falar com esse menino, sabia?

Clebber, o Clubber pouco a pouco se desvencilha do undeground e cai no mundo das flûtes com Veuve Clicquot. Ou pelo menos ele acha que está assim. “Mas é um mundo de aparências, sei disso”, diz olhando para as mãos que fingem dobrar um papel de tão tímidas. “Tanto sei disso que… Meu deus! Que escândalo esse bofe… Fui!”, sai sem se despedir.

Clebber parece que colocou os pés no chão. Mesmo que estejam calçados numa plataforma e dancem alguma música de Felix Da Housecat.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: