A MECÂNICA DA DESTRUIÇÃO

Matthew Herbert é um sujeito legal. Dos sujeitos que experimentam com música eletrônica, ele faz parte do pequeno rol de artistas cujas técnicas para fazer música chamam mais atenção do que a música em si (Loop B _!_ e Matmos completam a pequena lista, hehe).

Em março deste ano, ele lançou The Mechanics of Destruction, uma obra antiglobalização, anticorporação, anticapitalismo, anti-ocidente. Os nomes das músicas: Starbucks, McDonald’s, Manufactured Music, Rupert Murdoch, Hollywood, Television, Marlboro and Bacardi, GM Food, Gap, Coca cola, Henry Kissinger e por aí vai.

Em Rupert Murdoch, Herbert usou o jornal The Sun para fazer música (não foi inspiração, foi o jornal em papel mesmo); em McDonald’s, o fritar de Big Mac, o barulho do refri pelo canudo e o som do saco de papel viraram música; em Manufactured Music, fo usado o CD do Hear’say (hahaha).

Hollywood teve duas fontes de música: o DVD de Bug’s Life e a fita de vídeo de Starship Troopers. Veja bem, não são os sons do DVD ou do filme, eram o disco e a fita em si que eram batidos contra o microfone, arranhados, riscados e outras coisas mais.

Também conhecido como Radio Boy, nome ao qual é creditado The Mechanics of Destruction, Herbert fez desse álbum um produto “profit-free”. Todas as músicas podiam ser baixadas gratuitamente do site do disco. Mas foram tantos acessos que as músicas tiveram que sair do ar (e a conta do servidor onde as músicas estavam hospedadas ficou muito cara para Herbert; eram grátis para o ouvinte, não para o músico).

De qualquer forma, basta enviar uma carta com o endereço de retorno e um envolope grande o suficiente para caber um CD que o músico envia o disco para você, esteja onde estiver. Ele até paga o selo de volta. Incrível se chegar mesmo.

Leia o manifesto do cara, saiba mais sobre as músicas e descubra como conseguir sua cópia de The Mechanics of Destruction em themechanicsofdestruction.org.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: